O Deus "Pai" dos Zé Manés!...







Você é do tipo que só dá se os outros virem que foi você quem deu?

Você é do tipo que não vê vantagem em fazer o bem que não seja identificado como obra sua?...

Você é do tipo que jamais faria o bem a quem fosse ingrato?

Você é do tipo que boicota os filhos que não fazem a sua vontade?

A grande maioria de nós é assim...

É por isto que Jesus disse que o melhor pai entre os homens ainda é mal...

E pior:

Se o pai for cristão, muitas vezes é a partir dele mesmo que ele faz a projeção de Deus, o Pai, no mundo...

Sim, nesse caso, o Pai está preso às noções de paternidade perversa do homem!...

É por isso que o Pai “ficou” tão mal aos nossos sentidos, pois, de fato, o projetamos a partir de nós mesmos e de nossos pais.

Por esta razão o “Pai dos crentes” é tão carnal, tão caprichoso, tão mesquinho, tão cheio de barganhas, tão incomodado, tão sensível, tão não me toques, tão Zé Mané!

Tão grande Zé Mané Cósmico gera um monte Zé Manés históricos.

Portanto, seu Zé Mané histórico, filho do Zé Mané Cósmico, ouça: Deus, o Pai, não parece com você!

O único Pai que o mundo conheceu até hoje pelos cristãos é um Zé Mané a cara dos Zé Manés que nós somos...

O nosso “Pai” é bom apenas para quem é bom para Ele...

O nosso “Pai” é generoso com aqueles que dão dinheiro a Ele...

O nosso “Pai” é vingativo com quem não o obedece...

O nosso “Pai” é meio parente do diabo, só que tendo todo poder... e mais requinte.

O nosso “Pai” é como os pais que demandam ódio dos filhos...

O nosso “Pai” é Aquele que deserda o filho que não odiar a quem “Ele” diga que é para odiar...

O nosso “Pai” é feio...

O nosso “Pai” não tem nenhum semelhança com o Pai de Jesus.

Assim, pergunto a você, seu Zé Mané:

Você tem certeza que quando você fala do “Pai” é do Pai de Jesus que você está falando mesmo?...”

Ora, o Pai de Jesus faz o bem a todos, maus e bons; e não precisa de reconhecimento.

O Pai de Jesus não é caprichoso e nem encurrala a Sua Graça nos templos e nos lugares religiosos...

O Pai de Jesus tem filhos em todos os lugares e com todas as caras...

O Pai de Jesus ama a todos, até os filhos que o odeiam...

O Pai de Jesus entende a diferença entre ódio ao “Pai” e ódio ao Pai... E Ele sabe que a maior parte do ódio humano a Deus é fruto da falsificação diabólica feita acerca do Pai...

Portanto, digo a você, se você for do tipo...: “Zé Mane! Pare de fazer Deus ficar a cara do diabo!”

Se você fizer o Pai ficar a cara do diabo, saiba: Você vai encontrar “o Pai” que você pintou!

Foi por isto que Jesus disse aos judeus que odiavam e que faziam o Pai ficar feio [João 8], que eles haviam se tornado filhos do diabo...

Se o Pai for apenas um ídolo criado pela projeção do “pai”que você é ou conhece em maldades..., então, abra o olho, pois, de um modo ou de outro, a gente sempre acaba ficando cara a cara com o “Deus de nossas próprias invenções”.

Esta foi a mensagem de Jesus em Mat. 25, quando afirmou que o homem que escondera o seu próprio talento o fizera em razão de uma visão pervertida do Pai. Sim, criou um Pai tão severo e mesquinho que..., acabou sendo julgado pelo critério que ele atribuía ao Pai que não era...

Portanto, pare com isso Zé Mané!...

Deus não parece com você!...

É você que tem que se salvar buscando a semelhança Dele!...

Quer mais seu Zé Mané?...

Pois não tem...

É aqui se pára...

Não tem caminho daqui pra frente...

Entendeu?...