Deus já deve estar de saco cheio


                                                                            

Ultimamente temos visto tanta opinião absurda acerca de Deus e de religião que só mesmo um clássico de 1981 pra me ajudar a explicar o ponto de vista desse texto. 

Gravado e lançado no disco O Suburbano, de 1981, Saco Cheio é uma composição de Dona Fia (mãe de  Almir Guineto) e Marcos Antônio e, se você não conhece a letra , eu explico o motivo de colocá-lo aqui.

É que vivemos numa sociedade teoricamente laica, não deveríamos ter uma religião oficial, pois o Estado não é governado por ela, é uma república democrática… eu sei, eu sei, muito teórico e idealista, a prática não é nada assim, ou seja, somos uma sociedade católica oficialmente, mas com diversas denominações evangélicas a julgar a tudo e todos, já que é mais fácil se auto-afirmar quando você estipula um inimigo em comum, e, nesse caso, outras formas de se comportar.

Mas não quero generalizar, eu sei que tem gente mala em qualquer religião, então vou direto ao assunto, falo desse povo que prega esse deus vingativo e ciumento que mata e esfola aqueles que são diferentes do que os religiosos que inventaram esse deus capitão do BOPE. Me faz lembrar daquelas pessoas que ameaçam seus coleguinhas na infância, dizem que vão fazer e acontecer, mas seu suposto salvador nem liga. Tipo a Chiquinha em Chaves, quando inventa as maiores atrocidades pra que seu papai vá para cima dos agressores e ele não desvia sequer o olhar do jornal.

Pra vocês, fundamentalistas, Deus já deve estar de saco cheio. Deus lhe pague.





Saco Cheio


Composição: Dona Fia (Mãe de Almir Guineto) e Marco Antônio



Os habitantes da Terra
Estão abusando
Ao nosso Supremo Divino
Sobrecarregando
 
Fazendo o quê?
Fazendo mil besteiras
E o mal sem ter motivo
E só se lembram de Deus
Quando estão no perigo...(2x)

Deus lhe pague!...
Deus lhe pague!
Deus lhe crie!
Deus lhe abençoe!
Deus, é vosso pai
É vosso guia...

Tudo que se faz na Terra
Se coloca Deus no meio
Deus já deve estar
De saco cheio...(2x)