Ser um homem feminino


Nem tudo são flores, mas flores são tão lindas, delicadas e necessitam tanto de atenção. E assim começo este texto: Delicados, frágeis, românticos e temperamentais, essas são as características das personagens de hoje. De acordo com a visão midiática são os histéricos, engraçados, são os cabeleireiros, estilistas de novelas. São bichinhas, mulherzinhas , viados, afeminados (o termo correto é efeminados) Mas na verdade quem são eles?

Segundo Foucalt são sabotadores e marginais da heteronormatividade. São a tropa de choque da visibilidade gay. E ele tem razão, são eles que sofrem a agressões, que são apontados por serem diferentes. Além disso, são tidos como a vergonha da espécie gay. “Pare de dar pinta”, “Fale como homem”, “Não use maquiagem”, são frases que eles ouvem mais de 10 vezes ao dia. É muito comum ler em salas de bate-papo, chats o seguinte: “Nada contra mas não curto afeminados”, “Curto homens”. Homofóbicos como Rica Perroni dividem em duas classes: Gays e Viados. Desde quando ter características mais femininas te fazem mais gay que o outro? Até onde eu sei, os dois sentem o mesmo tipo de desejo e atração pelo sexo semelhante e geneticamente são iguais.

“ São eles que conquistam o espaço. Espaço este que muitos gays "não concordo com os efeminados" usufruem sem se quer ter movido uma palha - Gays estes que, sozinhos com amigos feminilizam-se de 'brincadeira'. (Cláudio DeLarge)”.

Para mim eles não são vítimas, são sobreviventes, são vencedores de uma batalha diária por respeito, apenas isso, respeito. De uns tempos pra cá, felizmente as coisas parecem estar mudando, de personagens caricatos da tv , estão passando a os dar um maior espaço, porque querendo vê-los ou não eles estão por toda parte é o Maxxie de Skins , o Kurt de Glee, o Ian de 90210 provando que são humanos e tem conflitos como qualquer um de nós.

Agora eu faço uma pergunta e quero que tirem pelo menos 10 segundos do precioso tempo de vocês para pensarem sobre. Vocês acham mesmo que eles forçam ser assim? Que mudam voz, gesticulam demais e usam roupas diferentes por sede de atenção? Se sua resposta foi sim, você faz parte da maioria ou seria da parcela ignorante da população? Eles nascem assim, eles são assim, sua essência é essa e muitas vezes eles não percebem que dão pinta. E se derem, qual o problema? Por que eles não podem ser fashion e ousados? Por que não podem sair maquiados? Por que não podem dançar e gritar as músicas de suas divas? Eles não querem ser mulheres, eles querem ser eles.

Já dizia o poeta “Ser um homem feminino não fere o meu lado masculino”. São homens como eu, como você, como o hetero pegador da esquina, como o casado com filhos atravessando a rua. Eles apenas sentem, choram e são mais delicados, carinhosos, amigos, e o que há de ruim nisso? Vejo um quê de belo, de poético, isso é vida, isso é arte. Não é à toa que são criativos, são idealizadores e empreendedores natos. Há aqueles que nascem divas, sabem como chegar e sair sempre deslumbrantes. Outros nasceram com sentimentos apurados, são os conselheiros, os melhores amigos, os bons filhos.

Eu sei que vocês sofrem, sei que não agüentam mais se verem caricaturados em programas de tv , que choram a noite baixinho, que tem sonhos e que muitas vezes desacreditam neles. Levantem-se e lutem! Se unam, só vocês sabem o que passam. Eu sei também que muitos de vocês nunca vão assumir que são afeminados, que fecham os olhos para tudo isso. Eu entendo, assumir seria para muitos o fim da vida social. Ser gay , se assumir gay é tendência hoje, é algo falado, discutido, ato de coragem, mas abrir a gaveta do armário e se assumir afeminado é quase uma sentença de morte na nossa sociedade.

Sei o quanto é difícil para muitos ter alguém. Os caras sempre somem após o primeiro encontro e você fica se perguntando aonde eu errei? Por que sou assim? Os proíbo de pensarem isso de novo. Quero que pensem que se alguém não os aceita ou tem vergonha de vocês, não merece chegar perto desde coraçãozinho. E o amor? Ah o amor acontece quando estamos bem com nós mesmos. Ele flui rapidamente quando emitimos boas vibrações. Até porque não a nada mais bonito que nos amarmos, com nossos defeitos e imperfeições. Se nossas qualidades são vistas como defeitos pelos outros, o que nos resta a fazer é acreditar que um dia deixarão de evitar o espelho.

Você já se olhou no espelho hoje? Já viu o quão belo você é? Viva! Seja você! Dance, cante, se pinte, dê pinta, grite, vista-se e não mude a sua essência.

“Balanço o cabelo e arrebito o nariz, o que eles dirão de mim, para mim pouco importa e dai tô tão bem” (Roupa de Ontem – Anna Livia).

E quer saber? Danem-se os rótulos. E nunca deixe de fazer o que te faz bem. Eu particularmente amo usar maquiagem e se isso fere código de ética ou mancha a imagem da sociedade gay, que eles vão a merda! Os outros são os outros. Por que somos feitos de diferenças e elas dão as cores e o brilho a vida. E eu não quero viver uma vida sem cores. #Tricotei!


Ps: Dedico aos meus leitores que pediram esse tema e a todos os protagonistas dessa história. Se quiserem sugerir temas mandem para gutoangelico@gmail.com    

Beijos


Fonte: Homorrealidade
 

Para comentar, visite e prestigie o blog do autor