Você tem uma espiritualidade sadia?

Caminho Consciência


Tenho pra mim que o tema espiritualidade ele está absolutamente corrompido, contaminado por conta daquilo que a religiosidade destes tempos tem passado para a maioria das pessoas.

As pessoas entendem que espiritualidade ou falar em espiritualidade é ir a uma igreja, ou a um templo, ou a um congresso, ou a um lugar onde algumas pessoas estejam reunidas cantando um hino fazendo uma oração, lendo um texto Bíblico coisas do tipo, e espiritualidade sadia tem a ver com muito mais que isso.

Espiritualidade sadia tem a ver com um encontro consigo mesmo, uma volta para o seu próprio coração, tem a ver com ouvir o outro e ouvir o ambiente que está a sua volta, tem a ver na verdade com ações holísticas, isto é, integrais, até porque eu penso e eu entendo assim que, é me ouvindo e ouvindo o outro e, observando aquilo que está a minha volta é que eu percebo Deus, noto Deus, observo Deus, compreendo algumas coisas de Deus.

Espiritualidade sadia tem a ver com algumas práticas, tem a ver com algumas disciplinas espirituais que estão muito longe de ser as tais disciplinas ou regrinhas que por aí são disseminadas como itens para fazer pessoas crescerem. Não! Em absoluto eu não acredito nisso. Acredito que espiritualidade sadia tem a ver em acordar e numa ligeira e breve devocional, orar uma oração simples como por exemplo, a oração dos discípulos de Emaús que quando chegam na porta de casa eles dizem simplesmente: Fica conosco Senhor!

Quanto tempo faz que a maioria das pessoas que vivem na religiosidade deixaram de orar orações como esta: Fica comigo Senhor! Fica conosco Senhor!

Espiritualidade sadia está muito, mas muito além daquilo que se entende como religiosidade nos dias de hoje. É assim que penso.