A Super Mega Igreja "Liga da Justiça Sem Limites"


Esses dias eu senti o desejo de compartilhar com você um episódio em particular (na verdade uma fase), da minha vida!

Sou oriundo de uma ‘vertente evangélica’ que gerou uma ‘denominação’ de “super seres”.

“Super pastores, Ultra bispos, e Mega apóstolos”... Mas os fiéis, bem os fiéis precisavam esforçar-se muito pra chegar pelo menos um pouquinho mais perto daquela “super estatura de varão perfeitíssimo”. 

E assim vivi durante alguns anos! Lutava para ser a imagem e semelhança de meus líderes. Isso me bastava, me supria.

Pensando, hoje em dia eu percebo que essa ‘igreja’ (não exatamente uma denominação nem seguimento religioso) em particular não deve mesmo ser guiada por Jesus, varão único e perfeito.

Mas deve ser dirigida por alguém como James Cameron, Michael Bay, Steven Spielberg, George Lucas, sei lá... esses grandes diretores de super filmes de ação e ficção como Star Wars, Independence Day, Transformers, Guerra dos Mundos, Avatar e Exterminador do Futuro.

Verdade, pois eles se portam como 'deuses ou super seres', que vez ou outra povoam esses bons filmes de bilheterias bilionárias.

Acreditei ser possível tranformar-me num mega crente até o dia em que vi os bastidores das filmagens, que os “super-mega-ultra-lideres”, ao sair de cena e dirigirem-se aos seus ‘camarins’ despiam-se de seus personagens e viravam os bons e velhos homens comuns do cotidiano! 

Na verdade alguns até bem abaixo dos padrões aceitáveis pra qualquer cristão. Mentindo, amaldiçoando, debochando da Igreja.

Então entendi o que o apóstolo Paulo, um bom cristão de carne e osso disse “trago em meu corpo as marcas de Cristo”(Gal 6:17)

Alguém assim até poderia ser excomungado por esses ‘mega lideres’, mais santos do que os mais santos. Imagine então se ouvissem coisa como “O que quero é o que não faço, mas o que não quero está sempre diante de mim”(Rm.7:15) . Meu Deus que escândalo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Só posso ser levado a crer, por causa dessa experiência pessoal e íntima com essa ‘faceta da super igreja’, que sou embasado pra dizer que a mesma simplesmente não manifesta o real propósito da Igreja de Deus que é refletir somente a Jesus e basta! Sem factóides, sem mentirinhas nem mega adaptações de ficção cristã-científica!

Cristo morreu para que o homem se volte a Deus e para que a Igreja manifeste um poder grandioso, inconcebível, espetacular, mas não dela mesma.... Mas de Deus!

Quando você vir alguém manifestar ultra obras proféticas, não julgue logo de imediato, pois esta não é a sua missão! Mas você pode provar se estas demonstrações vêm de Deus... A palavra afirma assim!

"Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já fostes reprovados". (2 Cor. 13:5)

A igreja não pertence aos homens em suas grandes estruturas físicas, mas a Alguém que se sacrificou por ela e nenhum 'super santo' pode sequer arranhar esta verdade!

Espero assim ter contribuído um pouco para seu crescimento e para que as escamas caiam de sua vista, como caíram das minhas.

Deus te bendiga!