O Hitler Cristão e os Gays Nazistas



A Ressurreição da Religiosidade Medieval


“Hitler era cristão, e mais, embora católico romano, ele era fervoroso leitor de LUTERO!”

Hitler quando deu início a sua agenda, no processo de eugenia social ele tinha em si a idéia do belo e do bom, como todo cristão piedoso o tem. Assim, sempre vejo comentários de cristãos, que em nome desse bem e desse belo transformam a vida de tanta gente em um inferno sem precedentes, por conta dessa visão míope, em não conseguir olharem para suas próprias ações e classificá-las como algo ruim ou perverso.

Na mente cristã o homossexual é sujo, ruim, impuro, feio, horrendo, e a atitude cristã é pura, mesmo que o cristão tenha a mesma ATITUDE DE HITLER, ele não consegue se enxergar nela, pois suas considerações são puras, belas, boas. E como Hitler é desassociado do cristianismo, de Lutero e do catolicismo, quem não pensa como eles é que são nazistas. Enquanto na verdade, todo o discurso contra a comunidade homossexual tem por base o mesmo preconceito fundamental de 1939-1945, época em que Hitler perseguiu e matou os homossexuais em sua cruzada de pureza e amor cristão.

Desta feita segue o comentário cristão:

Eu sou casado com uma mulher e bem casado, tenho meus direitos garantidos na Lei Maior. Não sou praticante de homossexualismo, não sou pedófilho e nem sodomita, logo nesta área estou em paz com Deus. O Estado é laico, é um governo de todos para todos e não de alguns ou alguma religião e então o que fazer? (...) O Grande Juiz de toda a terra é quem tem a palavra final e disso nós já sabemos, então vamos aguardar, enquanto isso day aos gays o que é dos gays e nós damos a Deus o que é de Deus. (sic)

Na verdade, diante do exposto, a cada dia me convenço que enquanto mais religioso, mais preconceituoso, afinal, aquele que se julga belo e bom, não consegue ver a beleza dos outros, pois ela se dá fora dele. Jesus nunca foi cristão, mas Hitler sim, e verdadeiro! Ele sempre viu a beleza no outro, no próximo, e por assim ser, Jesus é diferente de tudo aquilo que se diz cristianismo ou cristão. Jesus é totalmente outro! Enquanto isso, estamos fadados, sentenciados às mazelas do cristianismo e das igrejas brasileiras.

Deus nos acuda!


Com algumas supressões do Blog: Gospel LGBT


Nota do editor deste blog: O ponto essencial da discussão LGBT entre os que crêem no Evangelho, não deveria estar concentrado em associar ou não a prática homossexual como aprovada ou reprovada pelas Escrituras, nem tampouco nós do blog Conexão da Graça estamos militando em alguma causa seja ela pró ou contra a relação homo-afetiva, e sim, fazer jus a mensagem do “EVANGELHO” quando diz que: "DEUS NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS" (Atos 10:34).

O discurso tão propalado pelos cristãos ganha contornos contraditórios e discriminatórios, quando confrontados com as “CRUZADAS RELIGIOSAS ANTI-LGBT” em defesa de Deus.