O sal com medo do carnaval

camaleaocaricaturas.blogspot.com


Por Cristian A. Duarte


Jesus disse: Vós sois o sal da terra e a luz do mundo.

Ora, em tempos de carnaval “sem sal”, o sal decide se reunir em saleiros chamados comumente de retiros espirituais.

Esses “saleiros sazonais” reúnem grande quantidade de sal que morrem de medo de se tornarem insosso em função da grande quantidade de comida “sem sal” que é servida nesta época do ano.

Pergunta-se então aos amados irmãos:

Quem é feito para que? O sal para salgar o insosso ou o insosso para “insossar” o sal ?

É a luz que ilumina a escuridão ou as trevas prevalecem sobre a luz?

Está claro que em épocas como essa, o sal deveria cumprir sua função que é única e exclusivamente de salgar e não se reunir em saleiros com medo de se tornarem insosso.

Aliás, sal que tem medo de ficar insosso pode ser que não seja SAL! CUIDADO!

E mais, Jesus disse que sal que não salga só serve para ser pisado pelos homens.

Com essas afirmações do Senhor, tenho certeza e convicção que a nossa função é de colocar a cara para fora e pregar em tempo e fora de tempo para essas pessoas que se reúnem anualmente em torno desta festa mundana e abarrotada de pecados.

 E mais, Jesus orando disse que não queria que o Pai nos tirasse do mundo mas nos livrasse do mal trazendo-nos a certeza que o mundo não nos habita, mas que nós temos a função de salgar e habitar o mundo por inteiro através da pregação do Evangelho.

A promessa do Senhor é que as portas do inferno não prevalecem sobre nós (IGREJA) e que onde forem proclamadas essas Palavras de Vida, o diabo e todo o inferno ouvirão caladinhos, EM NOME DE JESUS, inclusive na festa deles, o carnaval.

Por isso meus irmãos, saiamos do saleiro e passemos a salgar o insosso bem como a iluminar as trevas, pois nem o insosso suporta o sal nem muito menos a escuridão prevalece sobre a luz.

Que DEUS vos proteja.


Fonte: Cristian Abreu Duarte   via   e-mail 


Indico também o texto: Deus e o Carnaval  de Leo F. Rocha, filho da nossa mana Regina Farias do Blog: BORA LER