Day of Grace in Sampa

Por Franklin Rosa


Foi um “day of grace in Sampa”... Ontem, domingo dia 12/12/10 foi um dia ímpar para nós do Caminho V.P.
Tivemos o privilégio de desfrutar em sampa de bons momentos com os manos do Caminho S.P. onde o queridíssimo mano Brega é o mentor (o cara dispensa comentários, é a gentileza encarnada na pessoa de um paulistano de média estatatura e aparência nada convencional para a religião: “Graças à Deus!!!”).

Foi difícil nossa aventura no começo... O Fidel Cássio, estava mais perdido no caminho que Adão no dia das mães, o co-piloto Jétão viajando na maionese no banco do carona, e eu pra variar... só achei o caminho do céu, pois os lugares geográficos me causam dores de parto para encontrar, e se não fosse a dona Márcia minha GPS, delegada, controladora de trânsito e... esposa, já teria deixado as calças e o carro no Detram para pagar os prejuízos causados pela minha “trânsitofobia”.

Nos acompanharam também Margaret Thatcher Príncipe Ghiotti, Joyce Méier Ghiotti, Thays Ghiotti (a mais nova convertida do caminho V.P. com apenas 1 mês de idade, por genética, persuasão e constrangimento familiar), toda essa mulherada do harém do Fidel Cássio.

Arriscaram-se também nessa grande aventura a Rose Jétão (Primeira Dama do Jardim Felicidade em Várzea Gotham City e costela do mano Jéter).
... e na minha carruagem de fogo (devido aos quase 30° que fazia), tiveram a insanidade de me acompanharem, todos tensos pelas minhas travessuras no trânsito, a Dona Márcia Canelita de Fuego, Lays de Oliveira Rabicó do Mato, Laryssa de Oliveira Cabelo de Mola e o Seu Jorge made in Campola (carinhosamente todos apelidados por mim): fora o Seu e não o Meu Jorge, todas integrantes do meu harém.

Foi osso pra chegar... 1 hora e 40 min. de muito congestionamento na Bandeirantes e na Av. Paulista.

Foi osso pra voltar... 4 horas e ¹/2 (é isso mesmo que vc está lendo!!!) de muito congestionamento na Av. Paulista e uma chuva diluviana que nos fez parar no Frango Assado.

Mas pra compensar... foi um Oásis desfrutar as cerca de 2 horas em que tivemos um “Orgasmo da Graça” (espero que não choque os religiosos) com a leveza, profundidade, simplicidade, dinamismo da boa Palavra, música e apresentação teatral que contagiaram nossa alma.

Valeu Brega!!! Valeu Galera da Estação de Sampa!!! Valeu Molecada da Estação V.P.!!!

Beijocas e abraços pra todos...

Abaixo estão os vídeos daquilo que nossos olhos viram, nossos ouvidos ouviram e nossa alma discerniu e agregou para a eternidade...


José - Um Modelo de Homem
Mateus cap. 1 vs. 24



Impactados Pela Insignificância
Lucas cap. 2 vs. 14



Contribuição Financeira no Caminho